_______________________________________E se esvai no momento seguinte...

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Cap. 4 - Planos

Sempre o observava de longe, e me parecia que ele estava muito ocupado com a mudança. O fato era que ele correspondia cada vez menos aos meus olhares, e não me visitava mais, só os quartos das outras mulheres.

Passei um tempo sem comer e sem dormir direito, eu estava prestes a me desmanchar. Até que isso começou a afetar o meu trabalho, e, meu chefe me chamou para um canto e disse seriamente: "se cuide mulher ou eu terei que colocar outra, de preferência MUITO MAIS jovem, no seu lugar!". Absorvi o que ele me disse, mas essas palavras me ofenderam de tal maneira que eu sabia que não poderia continuar naquela cidadela de merda por muito mais tempo.

Já era quase noite e eu estava andando na rua quando ouvi o comentário entre um viajante e um homem da cidade que precisavam de uma mulher para ser cantora em algum lugar da Espanha. Então, arquiteto e coloco em prática o meu plano. Vendi algumas jóias que ganhei de alguns clientes ricos, outras eu iria levar comigo, algumas das falsas eu usei como presentes para minhas amigas. Tudo transcorreu como o planejado e eu sentia que meu plano era perfeito, eu iria para algum lugar longe, o quão mais longe eu fosse era melhor para mim, e eu iria sozinha. Não pediria pra nenhuma de minhas amigas ir comigo, e mesmo que eu pedisse provavelmente elas não iriam.

Só eu sei o quanto eu sofri por ele não gostar de mim. O Giovanni não ia "me deixar"... Todas as poucas noites que passamos, todos os olhares, era só luxuria. Mas eu confundi tudo, me perdi nos meus devaneios, desejei ser a mulher dele mesmo que eu tivesse que aguentar todas as traições. E assim eu estaria com ele, ao lado dele, teria um filho dele, sentiria o calor do seu abraço depois de uma viagem, eu seria dele, ele ser de todas era apenas um detalhe que eu relevaria...

Mas eu decidi deixar ele, enterrrar a lembrança dele naquela cidadela de bosta. Sempre foi tão fácil esquecer ou ignorar as "paixonites" da minha vida, por que agora seria diferente?

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Continua em Viagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário